3 de jul de 2017

Revolução Francesa

Profª de Historia Trabalha a  Revolução Francesa através de “memes”
A profª Melina Pinotti que leciona História na E.E.Profª. Nair Palácio de Souza do município de Nova Andradina orientou os alunos do 2º Ano do Ensino Médio na elaboração de “memes” que denunciasse a desigualdade no Brasil, provida das diferenças sociais, raciais, étnicas e de gênero. As diferenças que nos tornam desiguais foram evidenciadas em imagens e frases, formuladas com base em estatísticas, e problematizam o acesso à moradia, à educação, à saúde e ao trabalho. O uso de mídias na metodologia foi utilizado como estratégia para aproximar os alunos com o ensino de História, e evidenciar que às problemáticas sociais devem ser considerados os processos históricos.
A professora acredita que o ensino de História deve atuar na relação entre passado e presente, e a partir das problematizações dos processos históricos, possibilitar ao aluno a compreensão das continuidades e das rupturas históricas. Nesse sentido, a partir do conteúdo da Revolução Francesa que teve como lema “Igualdade, Fraternidade e Liberdade”, a professora orientou estudos que relacionaram a “Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão”, de 1789 com a “Constituição da República Federativa do Brasil”, de 1988. O objetivo foi problematizar os ideais de igualdade previstos em ambos os documentos e, denunciar os aspectos que nos tornam “desiguais, porque diferentes”.

 Vejam os memes:




















Nenhum comentário: