28 de mai de 2012

Alunos do Curso Técnico em Agronegócio visitam Horticultura Hidropônica

No dia 26/05/2012 (sábado), os alunos doCurso Técnico em Agronegócio, da Escola Estadual Profª Nair Palácio de Souza,estiveram em uma propriedade rural, onde é realizado o cultivo de horticultura em hidroponia.
 O Sitio União de propriedade da Sra. AparecidaConceição Pereira e  e do Sr. Laércio deCastro Pereira onde hoje parte do mesmo foi arrendada pelo Empreendedor Sr.  Marcos pararealizar o cultivo de hortaliças em hidroponia. O empreendedor Sr.  Marcoscomentou que a implantação da infraestrutura para realizar-se a hidroponia, ficouem torno de R$ 37.000 reais.
Ocultivo em hidroponia foi implantado neste sítio há um ano,   sendo necessário para o cultivo hidropônico umaestufa bem fechada para que os fatores do ambiente não interfiram na produção,dentro da estufa não se pode fumar ou realizar quaisquer tipos de atividade quepossa contaminar as hortaliças além de fazer barreiras sanitárias em voltas dasestufas, para que se evite a introdução de insetos.  Explicou ainda que mudas de hortaliças são plantadas em uma bandeja de espuma, elas levam 48 horas para que germinem,depois de germinadas as mudas são plantadas nos canos e são sustentadas apenaspor uma espuma onde germinaram e seu crescimentose dá através dos micro e macros nutrientes introduzidos na água. Essa águacom os nutrientes passa pelas hortaliças constantemente através do auxílio deuma bomba automatizada que trabalha 15 minutos e 15 minutos. Segundo o produtor,o plantio das mudas  tem que ser feito deforma alternada, para que se tenha produção em diferentes datas, a água utilizada na hidroponia é trocada de 8 em 8 dias. A água que jáperdeu em partes alguns micro e macro nutrientes é utilizada na fertil-irrigaçãode outras culturas no sitio, a produção leva cerca de quarenta dias para ser feita a colheita.  Sr. Marcos produz só alfaces que são vendidas no mercado local. A Visita  Técnica foi referente à disciplina de Gestão em Produção Vegetal que élecionada pela Engenheira AgrônomaMicheline Tondinelli.
 Neste dia ainda, osalunos visitaram ainda um plantio de mandioca nesta mesma propriedade onde se aplica a técnica de plantio direto napalhada, que tem como objetivo, reter a umidade do solo, reter osnutrientes, evitar a erosão e diminuir custos com insumoscuja  produção é vendida para asfecularias locais da região Os alunos tiveram uma pequena palestra com oprodutor no local e foram acompanhados pela Engenheira Agrônoma Profª Micheline Tondinelli.


Vejam as fotos







Nenhum comentário: