22 de nov de 2012

“Consciência Negra: Educação não tem Cor”



Pensando em uma Educação voltada para a consciência da importância da raça negra para a constituição e identidade da nação brasileira e principalmente, do respeito à diversidade humana e a eliminação do racismo e do preconceito, o núcleo de professores de História, Sociologia, Artes e Educação Física desenvolveu, durante todo o mês de novembro o Projeto “Consciência Negra: Educação não tem Cor” com o objetivo de valorizar a cultura negra e seus afrodescendentes e afro-brasileiros, na escola e na sociedade em geral redescobrindo a cultura negra embranquecida pelo tempo e desmitificando o preconceito relativo aos costumes religiosos provindos da cultura africana e o mais importante, trazendo à tona discussões provocantes, por meio das rodas de conversas, debates, vídeos para que se construa, em nossos educandos, um posicionamento mais crítico  frente à realidade social em que vivemos.
Durante o desenvolvimento do projeto, além de todo o conhecimento e a formação crítica sobre o preconceito e o racismo, os alunos puderam também conhecer e desenvolver a arte plástica, a música e a dança afro-brasileira e suas origens, a influência na culinária brasileira, como a feijoada onde puderam saborear este prato que foi muito bem preparado pelas funcionárias da escola.
Veja as fotos:















Nenhum comentário: